A medicina chinesa utiliza de diversas técnicas para tratar os diferentes tipos de patologia. Entre os principais recursos da medicina chinesa está a fitoterapia, que é na atualidade a principal técnica utilizada na China.

Isso porque existem determinados tipos de doenças que somente com a dietoterapia ou a fitoterapia podemos tratar com eficácia, são o que chamamos de síndromes de deficiência na medicina chinesa, principalmente as síndromes de Qi, Xue, Yin, Jing Ye e Jing (essência). Afinal, nessas síndromes existe de certa forma falta de nutrientes ou matéria prima, e somente com a agulha ou outras técnicas que não repõem esse “blocos de construção” não obtemos resultados a longo prazo.

No Brasil, encontrar os medicamentos fitoterápicos chineses não é tarefa fácil. Os principais fornecedores estão na cidade de São Paulo e ainda sim não são muitos. Mas não seria interessante utilizarmos os fitoterápicos de fácil acesso aqui no Brasil para esses tratamentos? Afinal nossa flora é a mais rica do mundo, e temos uma grande variedade para utilizar!

O problema que enfrentamos então é achar conhecimento sobre as funções dos nossos fitoterápicos dentro da medicina chinesa. E isso é importante pois o diagnóstico da medicina chinesa é muito bem estruturado e nos possibilita a avaliação de cada doença e suas variantes, identificando pequenos detalhes que determinam a escolha entre os diferentes fitoterápicos. Por exemplo, se temos uma dor de cabeça e queremos utilizar um fitoterápico, temos algumas opções dentro da fitoterapia ocidental, mas se começarmos analisar os diferentes tipos de dor de cabeça, descobrimos que muitos outros fitoterápicos podem ser utilizados e aprendemos a identificar melhor qual é o necessário em cada caso.

O material sobre esse tema ainda é escasso, e muitas vezes de baixa qualidade, por “pecar” em regras básicas da fitoterapia chinesa, e dessa forma classificar erroneamente as plantas nacionais.

Estamos trazendo para Goiânia o primeiro curso intensivo sobre esse assunto, com o mais atualizado material e com conteúdo facilitado para uma abordagem clínica de sucesso! Aprenderemos a tratar todas as síndromes dos Zang Fu utilizando fitoterapia ocidental que é facilmente encontrada nos mercados e farmácias de manipulação do Brasil! Inscreva-se aqui.

fitoterapia brasileira

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA